by Max Barry

Latest Forum Topics

Advertisement

Portugal de Esquerda RMB

WA Delegate: None.

Founder: The Uniao Portuguesa of Povo Unido

Last WA Update:

Board Poll Activity History Admin Rank

Highest Foreign Aid Spending: 1,121st Most Nations: 1,389th Largest Welfare Programs: 1,665th+2
Most Advanced Public Transport: 2,104th Largest Black Market: 2,536th
World Factbook Entry

Região em língua portuguesa dedicada a temas da esquerda nacional e internacional.

Nações de todas as ideologias são bem-vindas, se vierem para conversar e debater por bem.


Embassies: Lardyland, USSD, Brasil, Anarchy, Bus Stop, The Great Red Union, The Great Universe, and Portugal.

Tags: Anarchist, Anti-Capitalist, Communist, Democratic, Featured, Medium, and Socialist.

Portugal de Esquerda contains 12 nations, the 1,389th most in the world.

Today's World Census Report

The Most Extreme in Portugal de Esquerda

The World Census ranked nations on the basis of how odd, extreme, or fundamentalist their social, economic, and political systems are.

As a region, Portugal de Esquerda is ranked 6,674th in the world for Most Extreme.

NationWA CategoryMotto
1.The People's Republic of Galineia do NortePsychotic Dictatorship“Let's trim our hair in accordance with socialism!”
2.The Socialist Land of Vila MorenaLeft-wing Utopia“Em construção...”
3.The Community of Beja OesteLeft-wing Utopia“National Motto”
4.The Uniao Portuguesa of Povo UnidoLeft-wing Utopia“O povo é o estado!”
5.The Dictatorship of Ilha NookiePsychotic Dictatorship“Deus, Pátria e Familia”
6.The Jingoistic States of A EuphemismIron Fist Consumerists“We are here to stay!”
7.The República Democrática of Terra SadinaLiberal Democratic Socialists“Viva o Vitória!”
8.The United States of Patagonia VerdeDemocratic Socialists“Natura”
9.The Queendom of Lisbon DollsDemocratic Socialists“Roubaram o motto”
10.The Free Land of Algarve LandLiberal Democratic Socialists“Sol, praia e liberdade”
12»

Regional Poll • José Sócrates é corrupto?

Poll called by The Community of Praia do gato

Voting opened 3 days 18 hours ago and will close . Open to residents. You cannot vote as you are not logged in.

Last poll: “O parlamento português devia acusar a China de genocídio?”

Regional Happenings

More...

Portugal de Esquerda Regional Message Board

Lusitanialand wrote:A política de mandar negros para a terra deles não é algo aceitável de ser discutido mas parece-me que isso é um facto alternativo porque essa proposta nunca esteve em cima da mesa. O episódio com a Joacine insere-se no grupo das bocas parlamentares (nas redes sociais), embora neste caso tenha sido um ataque particularmente baixo e indigno de um deputado. Não leio tweets do Ventura e o próprio falou sobre a infiltração de fascistas no partido.

não é nada um facto alternativo, a LD não falou em propostas no parlamento, disse o que ele disse e isso é um FACTO, não tem nada de alternativo

espero que ao menos reconheças a tua total dualidade de critérios. neste espaço agarraste um cromo qualquer com um cartaz a dizer bófias mortos é que é bom, ou algo desse efeito, ao bloco de esquerda, para justificar o seu extremismo. mas as palavras que literaleente são vomitadas da boca do ventura já são só um boca de mau gosto no parlamento

a parte de não leres tweets do ventura é interessante. aconselho-te a ler o que DIRIGENTES do chega dizem nas redes sociais e em alguns grupos privados. parece-me que estás a perder uma parte importante da discussão, porque a estratégia do partido é a mesma da extrema-direita desde os tempos do machado e do seu famoso "fazer o jogo da democracia" em público para agarrar papalvos, e guardar os extremismos para o privado ou quando se tiver poder. se achas que o chega defende a democracia e a igualdade vives na la la land. se achas que não defende, então a tua defesa do chega ainda fica mais estranha

Lusitanialand wrote:

É um facto que o radicalismo dos Black Lifes Matter também levou a violência por parte de grupos extremistas.

https://pbs.twimg.com/media/D6yPEYXU8AAOwqv.jpg:large

"Se ao menos estes negros baixassem a bolinha e não reclamassem, os racistas não tinham que ser violentos."

Terra Sadina wrote:Tenho lido o que escreves. Achas que o chega é racista, sabes que está na constituição que é proibido apesar de discordares e dizeres que é uma relíquia histórica. A conclusão é que achas que uma lei da qual discordas não deve ser cumprida. Estás a defender um partido racista em vez da constituição da qual discordas neste ponto.

Como dizem os yankees, é mesmo nessa colina que queres morrer? Estranho.

"Eu odeio tudo aquilo que o Hitler diz, mas vou defender até à morte o direito dele dizer o que quiser."

O problema que eu vejo em muitas pessoas que defendem o chega mesmo não sendo do chega, é a ideia completamente alucinada de que a democracia é forte e resiste a tudo, e portanto podemos aceitar todos e mais alguns que a desejam destruir. Um dia acordam e reparam que é tarde demais.

Se procurarem online, vão encontrar todos os argumentos que o Lusitanialand aqui usa a serem usados para defender os primeiros dias do PiS e do Fidesz. Agora, uns aninhos mais tarde, com jornalistas a serem silenciados, minorias (étnicas, sexuais, etc) a sofrerem na pele e esses países a caírem a pique nos rankings de democracias funcionais, ao ponto de serem pseudo-democracias, de certeza que muitos se arrependem, mas agora, para repetir, já é tarde.

Lusitanialand wrote:A política de mandar negros para a terra deles não é algo aceitável de ser discutido mas parece-me que isso é um facto alternativo porque essa proposta nunca esteve em cima da mesa. O episódio com a Joacine insere-se no grupo das bocas parlamentares (nas redes sociais), embora neste caso tenha sido um ataque particularmente baixo e indigno de um deputado. Não leio tweets do Ventura e o próprio falou sobre a infiltração de fascistas no partido.

Já li história suficiente para saber que os tempos são outros, a queda do muro de Berlim marcou o fim de uma era. Antes, personagens como o Trump e o Bolsonaro seriam prováveis ditadores pouco depois de ganhar eleições. Antes, os partidos comunistas pretendiam “democracias populares”. Agora, o facto é que o Trump saiu e mantém-se o sistema democrático, apesar de sabermos que o modelo político defendido por Trump é próximo do regime russo.

A incitação da violência pode ser crime e realmente o radicalismo pode inspirar violência. O Trump devia ter previsto que aquilo poderia acontecer. É um facto que o radicalismo dos Black Lifes Matter também levou a violência por parte de grupos extremistas. As ilegalizações de partidos também levam facilmente a violência quando se trata de movimentos com bastante representatividade.

Acho que tens uma visão muito ingénua do que é a extrema-direita, de como eles se movem nas redes sociais e do real perigo que representam. Falas como se eles fossem um jogador normal no jogo da democracia, dispostos a seguir as regras, e isso não corresponde à realidade.

Se nem as palavras deles te convencem, então não podes ser convencido. Eles estão-te a dizer ao que vêm, e vêm para mudar a nossa democracia, vêm para discriminar, vêm para dividir, e tu fazes as desculpas deles por eles.

O meu conselho para ti:

https://www.youtube.com/watch?v=nJgmaHkcFP8

Nova poll

How to be a Blogger: LIFE HACK
https://www.youtube.com/watch?v=I7VEx2dviNk

The Lusophone Federation wrote:How to be a Blogger: LIFE HACK
https://www.youtube.com/watch?v=I7VEx2dviNk

mais um que consegue fazer vida à custa dos frustrados com o politicamente correcto. "feminismo mau", toma lá montes de views e milhares de dolares, "epá é tudo racismo", toma lá mais views e dinheiro

a sério, a internet vai ser a morte da inteligencia humana

Praia do gato wrote:Nova poll

a única forma de se fazer justiça é a poll acabar empatada

Algarve Land wrote:"Eu odeio tudo aquilo que o Hitler diz, mas vou defender até à morte o direito dele dizer o que quiser."

O problema que eu vejo em muitas pessoas que defendem o chega mesmo não sendo do chega, é a ideia completamente alucinada de que a democracia é forte e resiste a tudo, e portanto podemos aceitar todos e mais alguns que a desejam destruir. Um dia acordam e reparam que é tarde demais.

Se procurarem online, vão encontrar todos os argumentos que o Lusitanialand aqui usa a serem usados para defender os primeiros dias do PiS e do Fidesz. Agora, uns aninhos mais tarde, com jornalistas a serem silenciados, minorias (étnicas, sexuais, etc) a sofrerem na pele e esses países a caírem a pique nos rankings de democracias funcionais, ao ponto de serem pseudo-democracias, de certeza que muitos se arrependem, mas agora, para repetir, já é tarde.

o problema é que as pessoas que defendem o chega são aquelas que nunca sofreram na pele, são tipos que estão em casa a mandar larachas no facebook sem terem que lidar com a vida real, porque apesar de serem todos com a mania que são iluminados, são aqueles carneiros mais fáceis de manipular, basta brincar um bocadinho com os medos deles e está feito

se o chega chegasse ao poder e começasse a fazer aquilo que defende, nada na vida dessas pessoas ia mudar, a não ser "own the left lololol", eles não conhecem negros, nunca falaram com um cigano na vida, baniram o primo gay das reuniões de familia, não percebem nada de lei nem de ciencia, por isso ficam na ilusão deles em que parece tudo bem, não porque de fcato esteja tudo bem, mas porque nos seus sofás de telefone na mão vêm a esquerda a refilar, e isso para eles chega, que se foda a democracia e a liberdade dos outros

URSP wrote:a única forma de se fazer justiça é a poll acabar empatada

não que quando acabar a poll já o seu valor prescreveu

Forum View

Advertisement