by Max Barry

Latest Forum Topics

Advertisement

Portugal RMB

WA Delegate: The Ghost Empire of Totaristan (elected )

Founder: Platinum bees

Last WA Update:

Board Activity History Admin Rank

Most World Assembly Endorsements: 29th Most Nations: 103rd Most Influential: 374th+4
Largest Black Market: 1,274th Greatest Rich-Poor Divides: 2,237th Most Beautiful Environments: 2,239th Most Cultured: 2,275th
World Factbook Entry

Bem-vindo à Região Portugal!

Todos os portugueses, falantes da língua portuguesa e amigos são bem-vindos. Respeitem a comunidade, sem ofensas.

Qualquer dúvida ou questão, não hesites em perguntar à região ou ao Delegado.

Obrigado e bom jogo!

| Regulamento da Região | Mapa Regional | Jogo do Parlamento | Role Play | LinkDiscord Regional | Notícias Regionais |

Notícias Regionais

Jornal Tuga

Novas notícias diariamente! Visita este dispatch sempre que quiseres saber os últimos acontecimentos regionais!



Embassies: Parlamento, The Bar on the corner of every region, The Western Isles, Brasil, Union Mundial, ITALIA, Deutschland, Israel, The Glorious Nations of Iwaku, Philosophy 115, Equinox, Union of Free Nations, the Rejected Realms, The Embassy, Australia, Mediterranean, and 56 others.belgium, The Free Nations Region, The Peaceful Coffee Shop In Chicago, Scandinavia, International Debating Area, Oceania, Agora, The Order of the Grey Wardens, Forest, St Abbaddon, Nudist Dreamland, 10000 Islands, Groland, Calefacta Aquas Piscinae, Canterbury, Novo Brasil, Avadam Inn, Novapax, Greater Middle East, Free Market Federation, The Epician Islands, The Coalition of Democratic Nations, The New Mappers Union, RHINIA, Aeterna Publicae, Lardyland, Solid Kingdom, Worldly Debate Region, Segunda Guerra Mundial, The Labyrinth, Enadia, Greece, Elparia, Japan, Sunalaya, United Nations of Earthlings, Official European Union, European Union, Union Hispanica, The Universal Order of Nations, The LCRUA, Russia, Ikuisuus, New West Indies, Cyland, New World Union, Union of the Seekers, Non Aligned Movement, RP da Historia de Portugal, Empire of Great Britain, Extalia, The Slide Countries, RP Individuais, RP Roman World, Liga das Nacoes, and Ibaronese Empire.

Tags: Democratic, Enormous, Featured, Founderless, Map, Neutral, Non-English, Offsite Chat, and Regional Government.

Regional Power: High

Portugal contains 135 nations, the 103rd most in the world.

Today's World Census Report

The Largest Pizza Delivery Sector in Portugal

World Census staff spent many nights answering the front door in order to measure which nations have the biggest Pizza Delivery industries.

As a region, Portugal is ranked 8,775th in the world for Largest Pizza Delivery Sector.

NationWA CategoryMotto
1.The All Mighty Powerful Lobby of CinoquiaCorporate Police State“To Win, Make Everyone Else Lose!”
2.The Free Land of Von HayekCorporate Bordello“#VHExit”
3.The Corporate Kakotopia of 3vils DenFree-Market Paradise“Power--a currency that never goes out of style.”
4.The Senate and People of HugolandLeft-Leaning College State“uma espada e uma rosa.”
5.The Armed Junta of AsgarnniaCompulsory Consumerist State“Para compreender, destruí-me.”
6.The Free Land of Partido LiberalAnarchy“Cria o teu destino”
7.The Ibaro-Portuguese Monarchy of Condado da FeiraNew York Times Democracy“Vis Unita Maior Nunc et Semper”
8.The Emirate of Al-XilbeCorporate Police State“Allahu Akbar”
9.The Republic of GalizaCivil Rights Lovefest“Fogar de Breogán”
10.The Federal Republic of WestoInoffensive Centrist Democracy“The promise”
1234. . .1314»

Last poll: “Em que partido votarás nas Eleições Europeias?”

Regional Happenings

More...

Portugal Regional Message Board

Al-Andaluz Portugal wrote:i believe in one real islamic state, with the Quran and Sharia as law
Eu acredito em um verdadeiro estado islâmico, com o Alcorão e a Sharia como lei

Olha lá, queres as gajas todas cobertas?

Vai pregar para outra parte ó meu grande paneleiro disfarçado de cobertor do ikea!

Mete-te no caralho antes que a tugalhada te enfie a sharia pela peida acima como da última vez

NorthPortugal wrote:Oh the irony. Did you know islamic is very tolerant? But instead, you decided to take it to extreme. You need to change, your you will be in your darkest age, like Europe had. It will arrive to you.

Ó matraquilho, porque estás para aqui armado em bife a escrever em câmone?

RUMO AO 38

Macho Latino wrote:Olha lá, queres as gajas todas cobertas?

Vai pregar para outra parte ó meu grande paneleiro disfarçado de cobertor do ikea!

Mete-te no caralho antes que a tugalhada te enfie a sharia pela peida acima como da última vez

Faço minhas estas palavras

Taprobana wrote:Lamento, mas eu não vejo isso. Pode existir um caso ou outro, tal como no conservadorismo deve haver quem o faça, mas alargar tal alegação a todo um movimento ideológico é um exagero. Sim, é a dialéctica do SJW. Mas ressalvo que essa dialéctica não é usada pelos liberais, especialmente os clássicos. Aliás, como é que pessoas que são contra a expansão dos poderes do Estado vão ser a favor de coisas como indemnizações por coisas acontecidas há 500 anos? Pensa lá bem e verás que não faz sentido.

Tens razão, os radicais de todas as ideologias têm o hábito de dividir na lógica “ou nós ou eles”. No entanto, essa dialética também está presente nos moderados progressistas (basta pensar em alguns no PS, sempre a falar na terrível direita) e nos moderados liberais. Claro que nenhum liberal ou socialista moderado é a favor dessas indemnizações nem eu sugeri tal coisa.

Alguns socialistas vêem-se como moralmente melhores, mais preocupados com os pobres, minorias etc. Muitos dos progressistas em geral acham que são iluminados e mais civilizados que as outras pessoas. No caso de alguns liberais e conservadores liberais que o Blasiu definiu, a questão é outra.

Está principalmente relacionado com a forma de olhar para as ideias políticas em termos de moderno/obsoleto, ou seja, o liberalismo globalista e multicultural é o futuro e o resto está ultrapassado: Estado-social, soberania, etc. Daqui pode resultar algum desprezo pelos adversários. Obviamente que todas as ideologias têm que se adaptar às mudanças mas a tecnologia ou até a globalização não têm ideologia.

Da Lusofonia wrote:Partilho aqui uma reflexão que deixei a uns companheiros Libertários a propósito do Gato Político e da Iniciativa Liberal. A tal UE liberal da subsidiaridade de que se fala nunca existiu e não é no momento atual de fanatismo febril forçando a centralização política federalista, que ela passará a existir. Apoiar a contínua existência da UE é apoiar federalismo. A UE é irreformável na descentralização. Ou mais Bruxelas, ou nenhuma. A inércia estrutural impede esses meios-caminhos puramente teóricos. Só em Portugal ainda não se acordou. Como em tudo na Europa, seremos os últimos… Isto aliás dá azo a uma reflexão aqui do chato do costume. A infantilidade civilizacional do Ocidente é bem demonstrada na sua obsessão por procurar 'terceiras vias'. Não defendo que se deva ser maniqueísta mas sim que em situações de conflito, ou se apoia um dos lados ou se é neutral. O que é anormal é querer inventar soluções políticas que não existem: como os democratas Egípcios, os rebeldes moderados Sírios, os conservadores anti-Trump, ou os Tories euro-federalistas, etc I.e. se a realidade não serve, temos que forçá-la a servir aos nossos preconceitos. Assim também se explica que o sistema bien pensant seja incapaz de processar realidades como ditadores que trazem prosperidade, democracias que violam os direitos humanos, ou votos democráticos anti-humanitaristas. Não cabem no molde pre-concebido... E são sempre negados ou purgados. É a isto que se assiste no editorial do Expresso contra Bolsonaro ou nas previsões sistematicamente erradas do comentariato nacional. A síntese perfeita é o cosmopolitismo universalista ocidental. Não pode haver mais teses ou antíteses porque a síntese actual é absolutamente perfeita. A dialéctica derradeira é a que vivemos e qualquer outra tem que ser má. Sobretudo quando funciona... (Suiça, Rússia, etc) E quando não funciona (Bósnia, Kosovo, Iraque federal, Afeganistão liberal) tem que se fingir que sim.

Apoiar a UE não é apoiar o federalismo pois não existe nenhum caminho inevitável para a Europa. Os federalistas tentam passar essa ideia para diabolizar qualquer crítica à UE e compreendo que os anti-UE também digam isso para levar para o lado deles quem não está satisfeito com esta UE.

Nem sequer é uma questão de Portugal estar isolado do debate porque mesmo o grupo do Salvini, que antes falava em referendos, não afirma agora ter como pretensão acabar com a UE. Enquanto não houver muitos partidos pró-UE mas com uma visão crítica (os chamados eurocépticos soft) não será possível reformar de forma duradoura, em compromisso com os federalistas. Pelo contrário, se os federalistas avançarem, nas próximas europeias os eurocépticos de todos os tipos conseguem a maioria.

Em relação às terceiras vias, percebo a tua crítica relativamente a quem tenta procurar e apoiar democratas em países onde eles são uma minoria. No entanto, não acho que a questão seja negar que uma ditadura possa trazer prosperidade ou que democracias possam violar direitos humanos.

Eu não sou relativista, em termos abstratos o melhor regime para certos países nunca é a ditadura, apenas a aceito como mal menor em países sem condições naquele momento para ter democracia. No Egipto até puderam escolher e não quiseram. Não gosto particularmente das sínteses do hegelianismo, acho que o método dialético não é o mais adequado para explicar a história.

Nos casos que referiste (Bósnia, Kosovo, Iraque, Afeganistão) as causas para o falhanço são diversas. Aquilo a que chamas modelo conservador da Rússia é de facto um regime autoritário moderno, ou seja, com alguma abertura mas com eleições “controladas”. Provavelmente é o melhor para a Rússia por agora mas não vejo como no futuro não possa ser melhor alguma democratização e libertar o Estado das máfias dos amigalhaços do Putin.

Macho Latino wrote:Ó matraquilho, porque estás para aqui armado em bife a escrever em câmone?

Por acaso...

Não é puppet teu este muçulmano?

Macho Latino wrote:RUMO AO 38

Isso é que é de valor pà

A tripeirada se não ganham no sábado vai ser bonito o macaco e afins

Então quem acham que vai suceder a Theresa May? Haverá eleições antecipadas?

Medar wrote:Então quem acham que vai suceder a Theresa May? Haverá eleições antecipadas?

hummm acho dificil dizer

algum brexiteer conservador talvez, ou alguém que respeite a decisão do brexit mas que nao seja da ala mais extrema do partido conservador

tinha piada era os Lib Dems arranjarem maneira de governar numa coligação muita estranha XD

se calhar eleições vao ser chamadas...parece provavel

Forum View

Advertisement