by Max Barry

Latest Forum Topics

4

DispatchBulletinNews

by The Technocratic United Kingdom of Girania. . 33 reads.

Faenor's Report! : Entrevista com Secretário-Geral da LN Yuri Eriksen

FRTV!

#Entrevista com o Secretário-Geral da LN!

Kyle Abgnell

Ele entre no cenário sorrindo e acenando com o público aplaudindo.

- Boa noite! É um prazer aparecer de novo de surpresa para vocês!

Ele fica de pé olhando para as câmeras.

- Aqui nesse maravilho lugar já recebemos dois grandes monarcas de opiniões fortes. Porém, hoje pretendo fazer diferente, pois a grandiosidade não é exclusiva de "sangue azul" e o povo de meu próximo convidado sabe muito bem disso.

Ele ajeita as roupas sorrindo.

- Ele nasceu em terras distantes e bem gélidas, trabalhou a quase mais de uma década no continente telephassônico como um diplomata, e hoje, sua função tá muito além de um ou dois continentes. Agora possui mais deveres, mais responsabilidades e carregando consigo a esperança que a Liga das Nações prospere. Eu tenho a honra de receber ele, o primeiro conselheiro geral da LN, da Socialist Republic of Ransland, Yuri Eriksen!!

A plateia começa a aplaudir.

Yuri Eriksen

Ele entra no estúdio acenando, sorrindo para a plateia.

Ele se senta e em seguida já põe o tradutor no ouvido para poder realizar a entrevista em sua língua materna, o ranslandiano, enquanto ocorre a tradução simultânea para o giraniano.

- É muito bom estar aqui, Kyle!

Garçom

Ele se aproxima de Yuri falando na língua nativa de Ransland.

"Deseja alguma bebida senhor?"

Yuri Eriksen

- Hehehe, impressionante, agradeço, poderia me ver uma Estrela Vermelha ?

Kyle Abgnell

- Também vou querer essa.

Ele levanta o dedo e o garçom acena indo para o bar. Em seguida Kyle estica a mão para cumprimentar Yuri.

- Primeiro de tudo, como você tá se sentindo com seu novo cargo?

Yuri Eriksen

- Bem, Kyle, eu ainda não tive tempo de me sentir "o conselheiro geral da LN", e talvez não me sinta nunca assim. Ainda sou aquele menino que nasceu na gélida Ransland, com vontade de mudar o mundo em que vivo. Espero trazer esse menino comigo e junto com ele o homem que sempre cumpriu com suas responsabilidades.

Kyle Abgnell

- Hum...

Ele coça o queixo

- E como é crescer nas terras gélidas de Ransland? Como foi sua infância e sua vida até se mudar para Imperio de Jandira?

Yuri Eriksen

- Nasci em 2003, Ransland havia começado sua abertura política, depois de ter passado por uma ditadura pós-revolução. A vida não era fácil, porém sempre tive acesso as facilidades públicas, legado da revolução. Ainda tínhamos grandes problemas de infraestrutura, pessoas ainda morriam de frio por não ter casas apropriadas ao invernos rigorosos de -30º C. Porém com o passar dos anos, essa situação melhorou. Quando entrei para a universidade de Lyudby, para cursar relações internacionais, nosso país já havia progredido em diversos aspectos socioeconômicos, assim como os infraestruturais.

Kyle Abgnell

- E hoje em dia Ransland está passando por novas aberturas, correto?

As canecas com a cerveja chegam e Kyle toma um gole

Yuri Eriksen

- Estamos passando por maiores aberturas econômicas e políticas sob o governo de Catharina Luzhkov, ela é uma líder fantástica. Nós de Ransland não conseguimos nos manter estáticos, estamos sempre mudando, revolucionando o mundo em que vivemos.

Kyle Abgnell

- Sim, o mundo está sempre em mudança, no entanto ainda há nações que são contraria a isso... Nações também contraria a LN. Como tu pretende espelhar essa característica de sua nação na LN e como você pretende lidar com essas nações?

Yuri Eriksen

- Bem, não é de minha pretensão tornar a LN um reflexo do que vemos em Ransland, pois nela estão depositados os interesses de diversas nações, de diferentes backgrounds. O que pretendo é conseguir gerenciar diferentes interesses com o objetivo de nos movermos em direção a um mundo mais pacífico e justo perante as regras impostas pela LN.

Kyle Abgnell

Ele coça o queixo.

- Então você pretende agir de uma maneira imparcial, mesmo que vá contra os interesses e ideais de sua nação?

Yuri Eriksen

- Claro. Agora que assumi este cargo supranacional, devo agir não sob os interesses de minha pátria, mas sim sob os interesses globais.

Kyle Abgnell

- E na tua opinião, quais são os atuais interesses globais?

Ele toma um gole da caneca

Yuri Eriksen

Yuri suspira e prossegue com a resposta

- Bem, creio que hoje devemos trabalhar para um mundo mais integrado, com maiores trocas entre as nações. Os tempos mudaram e não devemos mais dar espaço para que as diferenças nos distanciem e sim nos unam.

Kyle Abgnell

- Sim, mas infelizmente há pessoas que estão se distanciado por causa de diferenças. Desde dos primeiros ataques do grupo Instinto, temos em rede sociais e em manifestações mensagens anti-humanas e anti-híbridas. Como a LN poderia trabalhar para reverter isso? E como você se sente com esse cenário, já que você conviveu nos últimos anos com bastante híbridos em Jandira?

Yuri Eriksen

- A LN deve criar órgãos de proteção aos híbridos, para atuar nos países onde os mesmos são minorias, assim como devemos combater todos os outros tipos de preconceito. Não podemos esquecer que há poucas décadas um genocídio do povo ogênio ocorreu em Abslandia, um genocídio baseado em puro preconceito.

Kyle Abgnell

- E como a LN deve agir em relação a grupos terroristas como o Instinto?

Yuri Eriksen

- Essa é uma situação muito delicada, grupos terroristas são sempre reflexo de sociedades doentes, assim como a nossa. Creio que a solução não é a violência, pois ela só gera violência, devemos então trabalhar com programas de inclusão dos híbridos na sociedade, através da conscientização das pessoas sobre os híbridos. Devemos combater o terrorismo com educação.

Kyle Abgnell

- Entendo...

Ele coça o queixo

- Porém essa proposta impede a formação de futuros terroristas, mas ela não combate as pessoas questão nesses grupos hoje em dia e parte delas já estão armadas. Recentemente, até conseguiram realizar um atentado no Império de Jandira, umas das nações mais seguras do mundo. Não acha que devemos ir além de medidas preventivas ?

Yuri Eriksen

- Claro, que devemos agir no presente porém com cautela, visto que qualquer ação hoje pode agravar a situação amanhã. Teremos que organizar em conjunto com as nações unidades de inteligência para lidar com essas situações. Mas lembremos que a LN não deve tomar uma ação de ataque as populações, mas sim uma reativa.

Kyle Abgnell

- Falando em agir com cautela... Recentemente em Liszteria, um popular youtuber híbrido foi preso por apoio ao "Instinto". O mesmo afirma que não apoia a hibridização forçada, mas que simpatiza com o discurso da "corrupção humana", enquanto o governo Liszteriano encaminhou um juiz híbrido de Girania para julgar o caso. Você acha que tal prisão foi uma decisão sensata?

Yuri Eriksen

- Pois bem, os Estados são soberanos, e fazem suas leis serem cumpridas. Não tenho conhecimento suficiente sobre as leis de Liszteria para opinar, porém acredito que se o estado de direito não for sobrepujado em detrimento de prender terroristas, toda ação é válida.

Kyle Abgnell

Ele coça o queixo um pouco e volta a sua atenção a Yuri.

- Falando em leis nacionais, como você pretende agir em nações membros da LN, cuja a legislação bate de frente com os ideais e medidas da própria liga?

Yuri Eriksen

- Imagino que o diálogo deve ser prioridade. Devemos estabelecer pontes sólidas entre a LN e seus membros. Creio que tanto a LN e os países membros deverão ceder um pouco para atingirmos um consenso.

Kyle Abgnell

- E em relação a blocos de países? Pelo mundo, temos grupos como a UT, bloco de Latona e até mesmo o tratado do oceano Mezumo com acordos internos e uma certa lealdade entre eles. Como agir com esses grupos?

Yuri Eriksen

- Nesse caso, creio que nada muda. Temos que sempre avaliar os interesses dos Blocos/Nações e tentar atingir uma solução pacífica. O papel da LN, é e sempre será, na minha visão, de conciliadora. Nós temos que manter esse papel e se manter a disposição de nossos membros para resolver seus atritos.

Kyle Abgnell

- Entendo.

Ele dá um sorriso e toma um gole da caneca.

- Bem, vamos voltar a falar mais você. Seu período como embaixador em Jandira foi longo, como você avalia esse seu período? Que resultados você trouxe para tanto seu povo quanto o tigrino ao longo desses anos?

Yuri Eriksen

- Em Ransland, sempre tive contato com diferentes etnias e culturas, pois recebemos durante o século XIX e XX muitos imigrantes de diversas partes do globo, inclusive tigrino-jandirenses. Quando assumi o cargo de embaixador em Tigresia-Jandira já possuía uma pequena experiência com a cultura deles, apesar de que eu nunca tinha visto um híbrido ao vivo, apenas em filmes. Isso foi um baque inicial para mim, porém não gerei nenhum tipo de preconceito contra eles. Esses anos em Tigresia-Jandira me fizeram muito bem, apesar de não termos nenhum incidente diplomático envolvendo meu país e Tigresia-Jandira, hehehe.

Yuri dá uma pausa após a risada e continua.

- O que me fez trabalhar um pouco menos que meus outros colegas

Kyle Abgnell

- Hum... Já chegou a se interessar por alguma híbrida ou híbrido nesse período?

Ele pisca e dá uma risada

Yuri Eriksen

- Heheheheh, bem, apesar de não estar casado oficialmente, tenho minha namorada com quem estou desde minha saída de Ransland. Então acho meio perigosa essa pergunta.

Yuri da uma olhada para sua namorada, Gisela, presente na primeira fila da plateia e da um risada de canto.

Assistente de palco

Ele se aproxima de Gisela e dá um microfone para ela

Kyle Abgnell

Ele coça o queixo sorrindo.

– Gisela... Quantos anos de namoro no total?

Gisela

- Estamos juntos a 15 anos, nos conhecemos durante as reuniões do Kransyj estadual de Lyudby.

Kyle Abgnell

Ele olha para Yuri.

– Pensam algum dia ir além do acordo mútuo de namoro?

Ele ri

Yuri Eriksen

- Creio que não

Ele dá uma risada

- Entendemos que não é um papel que define nossa relação, mas sim o respeito mútuo que temos.

Yuri olha para Gisela.

Gisela

A câmera muda para Gisela, e ela move os lábios dizendo "Jeg Elsker Dig", "Eu te amo" em ranslandiano.

Kyle Abgnell

Ele dá um sorriso

-Awn, um casal fofo... Mas em relação a filhos? Pensam em ter? E aproveitando, como você pretende equilibrar sua vida como secretário-geral com sua vida pessoal?

Yuri Eriksen

- Por hora não pensamos em ter filhos, essa posição de Secretário-Geral envolve muita responsabilidade e tempo, que não terei disponível para cuidar de um filho. Talvez quando meu mandato acabar... Vamos vendo.

Ele da uma olhada para Gisela, e volta para Kyle sorrindo.

Kyle Abgnell

- Hum... E falando sobre crianças, como você pretende, por meio da LN, agir pelas crianças que vivem em condições de pobrezas ou em áreas de guerra?

Yuri Eriksen

- Isso é um caso muito delicado. Temos que criar órgãos de ação conjunta com os governos das nações em que essas crianças rezidem, para podermos assim atingir algum resultado considerável.

Kyle Abgnell

- Hum... O quê mais a LN pode fazer em geral para as crianças de todo o mundo?

Yuri Eriksen

- Podemos criar fundos de investimento para combater a fome infantil, assim como para a construção de novas escolas em locais de extrema pobreza. Também temos que entrar em colaboração com ONGs de atuação internacional que nos ajudem nessa matéria.

Kyle Abgnell

Ele toma um gole de sua caneca sorrindo e olha para um assistente de palco.

-Infelizmente nosso tempo está acabando... Foi um prazer ter você aqui Yuri, no entanto, quero lhe fazer uma última pergunta.

Yuri Eriksen

- O prazer foi meu, Kyle, prossiga.

Kyle Abgnell

- Antes, durante e depois a assembleia da LN, se teve diversos comentários e até declarações de descrença em seu funcionamento e de mais de um canto de mundo. O quê o senhor tem a dizer para as pessoas com tais pensamentos?

Yuri Eriksen

- O ser humano tem uma pré-disposição a rejeitar a mudança. A criação da LN modificou a geopolítica mundial, e isso causou desconforto em muitos governos, é compreensível. Entretanto, não podemos deixar que acusações infundadas de que a LN é um "braço" da UT, ou de que a LN irá atrapalhar na soberania dos Estados se espalhem. Deixo esta mensagem para os que desacreditam desta grande iniciativa mundial: O mundo urge por uma instituição que resolva conflitos, e agora que esta está criada, não retrocederemos nem um passo em direção a desunião das nações.

Kyle Abgnell

Ele bate palmas sorrindo.

- Uma ótima resposta.

Ele se levanta e aponta com a mão aberta para Yuri.

-Aplausos para nosso convidado especial e não se esqueçam de aplaudir para a esposa dele também.

O público começa a aplaudir e Yuri estica a mão para cumprimentar Yuri.

- Boa sorte como Secretário-Geral!

Yuri Eriksen

Yuri acena também para as câmeras, enquanto aperta a mão de Kyle.

- Muito obrigado, kyle.

RawReport