Portugal RMB

WA Delegate: The Federation of Taprobana (elected )

Founder: Platinum bees

BoardActivity History Admin Rank

World Factbook Entry

Bem-vindo à Região Portugal!

Todos os portugueses, falantes da língua portuguesa e amigos são bem-vindos. Respeitem a comunidade, sem ofensas.

Visita o nosso LinkFórum, onde encontrarás o nosso jogo de estratégia regional.

LinkJogo de estratégia "Hex Map Battle"

LinkLiga Portuguesa de Futebol

Embaixadas/Embassies:
You will find our official Foreign Policy Linkhere. Any embassy request must be posted under "Foreign Affairs" or by telegram. Any questions or doubts, please send a telegram to the Chief Ambassador, Musheena.

Se quiseres sugerir uma ideia para sondagem contacta o nosso Perguntador-Geral da República The Republic of Lusitanialand.

Qualquer dúvida ou questão, não hesites em perguntar à região ou ao Delegado.

Obrigado e bom jogo!



Embassies: Mediterranean, Spiritus, Lazarus, The Illuminati, Republic of Hellas, The Western Isles, Modorra, New Western European Union, Peninsula Iberica, United States of America, Poland, The Spanish Republic, France, Brasil, Union Mundial, Free Coalition of Governments, and 33 others.The SOP, Repubblica Italiana, ITALIA, Maritime MAST, Deutschland, Israel, Singapore, Mr Money Headquarters, The Glorious Nations of Iwaku, Asian Archipelago, Mid Atlantic Union, Philosophy 115, Free Republic of China, belgium, Chinese Republic, Vlaanderen, LCRUA, Equinox, The Bar on the corner of every region, Japan, Union of Free Nations, Westphalia, Principality of Andorra, the Rejected Realms, Suomi, Macao, Sporting Clube de Portugal, The Democratic Union of Republics, Bus Stop, TAMM, East of West, Morocco, and Free Islands of the Indian Ocean.

Tags: Regional Government, Enormous, Non-English, Featured, Founderless, Democratic, and Neutral.

Regional Power: High

Portugal contains 102 nations, the 112th most in the world.

Today's World Census Report

The Most Pro-Market in Portugal

This data was compiled by surveying a random sample of businesses with the question, "Do you believe the government is committed to free market policies?"

As a region, Portugal is ranked 11,861st in the world for Most Pro-Market.

NationWA CategoryMotto
1.The United States of XLIVCorporate Bordello“44!”
2.The Rogue Nation of DO NOT EJECT ME PORRABenevolent Dictatorship“Https://www.youtube.com/watch?v=nQ_i1j68gyU”
3.The Armed Junta of AsgarnniaCompulsory Consumerist State“Para compreender, destruí-me.”
4.The Rogue Nation of CiganosAnarchy“Ai filho...”
5.The Democratic Republic of UnnoCapitalist Paradise“Je pense, donc je suis”
6.The Disputed Territories of SpynlandCorporate Bordello“De gustibus et coloribus non disputandum est”
7.The All Mighty Powerful Lobby of CinoquiaCorporate Police State“To Win, Make Everyone Else Lose!”
8.The Kingdom of Matanca do PorcoCorporate Police State“Off-shore are THE best”
9.The Kingdom of PetruslandCapitalizt“Never give up!”
10.The Free Land of Von HayekAnarchy“#VHExit”
1234. . .1011»

Last poll: “Barómetro Político da Região Portugal - Setembro 2016”

Regional Happenings

More...

Portugal Regional Message Board

Reabre-se a questão... onde militará o The República of Patraolandia doravante?

Quase dava para fazer uma sondagem... hehehehehe. Mas...

- já pertenceu ao PS
- já pertenceu à CDE
- ja pediu adesão ao PL (acho que se enganou)
- já pertenceu ao PC

(Pessoalmente, cheira-me que vem aí um novo partido...)

Musheena, Taprobana, and Da Lusofonia

The Back on the game of Alentejo e Algarve wrote:Reabre-se a questão... onde militará o The República of Patraolandia doravante?
Quase dava para fazer uma sondagem... hehehehehe. Mas...
- já pertenceu ao PS
- já pertenceu à CDE
- ja pediu adesão ao PL (acho que se enganou)
- já pertenceu ao PC
(Pessoalmente, cheira-me que vem aí um novo partido...)

Na vida real, já pertenci á JCP
Já pertenci ao BE
Já pedi adesão ao MRPP (enganei-me)
já pertenci ao PS
(Pessoalmente, caguei nos partidos e não quero pertencer a mais nada)

Aqui é igual, sem ofensa.

The Free Land of Von Hayek wrote:Se de reprente todos os Concelhos Portugueses fossem independentes iria haver guerra com os políticos e a autoridade tributária. Para eles somos sua pertença para taxar e lhes financiar a sua vida e os seus projectos. Nunca na vida deixariam isso acontecer. E mesmo acontecendo, não duraria nada porque ninguém quer isso. Temos um País que não se sustenta por si próprio e poucos Concelhos (se é que algum (!?) não sei mesmo) devem ser realmente autosuficientes sem o apoio da dívida pública crescente.
Mas se a população quisesse, não estou a ver problema nenhum. Investimento regional pode ser feito independentemente de haver uma autoridade centralizada nacional. Há Países em que as suas regiões são do tamanho de Portugal. Há Países que cabiam nas regiões Portuguesas. O tamanho da governação não interessa. O que interessa são as relações de segurança estabelecidas com os vizinhos e a capacidade de se auto-sustentar. Imaginar que por não haver ninguém sentado em São Bento a nos roubar e destruir o futuro iríamos começar a matar-nos uns aos outros é um salto de lógica brutal que não tem comprovação real. Independência nada tem a ver com Isolacionismo e Não Cooperação. Porque caso assim fosse, não haveria projectos Transnacionais como seja a NATO por exemplo. Os Concelhos poderiam ser independentes e partilhar serviços desde que estes fossem auto-suficientes.
E imaginar que seria a REN ou a Brisa a nos comandar é outro salto de lógica, uma vez que assim que fosse dada independência aos Concelhos, acabavam-se esses dois lobbys por se ter tornado muito mais caro a corrupção para manter o monopólio e porque ambas as empresas são mal geridas brutalmente e têm uma estrutura interna e trabalhadores péssimos. Seria uma questão de tempo até terem concorrência ou simplesmente fecharem as portas mesmo tendo um monopólio.
O Generalíssimo Alberto João é diferente do Aldrabão Sócrates, do mentiroso António Costa ou do mantedor de interesses instalados Passos Coelho? Se em vez de teres um pote grande, tiveres muitos potes pequenos, menor o poder dessa gente e mais conhecimento sobre o que eles fazem por parte da população. Não estou a ver como é que isso leva a ficarmos um País de 3º Mundo com generais ditadores do estilo Africano. Mas não deixa de ser um bom exercício de imaginação. Não é de todo o País que eu conheço e em que sempre vivi.
https://www.youtube.com/watch?v=RU-Z0SiQKgU


Bom, eu disse aquilo da Brisa na brincadeira, espero que tenhas percebido isso :)

E uma coisa são teorias liberais e libertárias, outra coisa são os portugueses e aquilo a que estão habituados e o caos de algo tão drástico. Porque aí está: eu tentei fazer uma espécie de jogo onde de repente o Estado desaparece, toda a organização, tributação central, tudo, gone, poof! O que é que aconteceria aí? No princípio provavelmente nada: as pessoas vão fazendo a sua vida, trabalhando, etc. Mas iriam surgir problemas: diplomáticos, partilha de recursos, transportes... nenhum de nós pode ter 100% certeza se ia haver "paz" ou "guerra", claro. Foi um bocado "atirar para o ar". Mas não me admirava que surgissem ditadorzecos, e mini-guerras para anexar território de "pseudo-warlords"/justiceiros do povo que se julgam os maiores. É que outra regra do jogo era que os concelhos se tornassem independentes. Não sei se seria "melhor" se qualquer fronteira desaparecesse neste "jogo": Espanha faria de buffer a um bocado de território que é de "todos". Aí podemos jogar com isso: surgiriam facções que guerreavam? As pessoas iam cooperar na sua grande maioria? Os regionalismos iriam-se vincar ou o factor nacional jogaria mais alto? Como se organizariam as pessoas dependendo da área? :)

Lusitanialand and Taprobana

Novo país do Patraolandia

A Liberdade é a possibilidade de isolamento. És livre se podes afastar-te dos homens, sem que te obrigues a procurar-los. A necessidade do dinheiro, ou a necessidade gregária, ou o amor, ou a glória, ou a curiosidade que no silêncio da solidão não podem ter alimento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.

Post self-deleted by Taprobana.

Post self-deleted by Taprobana.

The Grão Estado of Da Lusofonia wrote:Completamente falso.
Falamos do Putin: e' ou nao verdade que a Russia e' mais bem gerida do que nunca?
Falamos da RT: continuo 'a espera de exemplos de propaganda 'a la Pravda.
Falamos das leis da UE: visto de que a Hungria nao e' o unico estado que as viola, viste-te obrigado a defender o desmantelamento da UE...
Falamos da politica de imigracao: e' um facto que a Hungria beneficiou com as politicas do governo. Isto e' facto que nao te vi desmentir...


Isso não são factos, são opiniões políticas. É curioso como chamas ignorantes aos outros, mas depois não sabes em que consiste um facto.

A Russia é mais bem gerida do que nunca? Tu consideras que sim, eu acho que não, parece-me que todos os maus hábitos de outros tempos continuam, e o Putin só se aguenta porque a alternativa ainda é pior. E diga-se que embarcar nestes episódios bélicos com uma economia em recessão profunda é sem dúvida um marco de má gestão.

Eu nunca defendi o desmantelamento da UE, apenas que todos têm de cumprir as mesmas regras para estar dentro dela (regras da UE, que já agora são um facto) e quem não cumprir deve saltar forma. Quem inventou essa do desmantelamento foste tu, pois existem mais países cumpridores das regras do que aqueles que não cumprem.

E não, não é um facto que a Hungria beneficiou das políticas do seu Governo. Tu tens a opinião que sim, e pensas que por teres uma opinião isso faz dela um facto.

E já agora, isto não é propaganda?: https://www.rt.com/news/360532-syria-us-air-strike-un/

Enfim...

Concelho Coimbra

The Refounded Liberal PIDR-DGS of Musheena wrote:Bom, eu disse aquilo da Brisa na brincadeira, espero que tenhas percebido isso :)
E uma coisa são teorias liberais e libertárias, outra coisa são os portugueses e aquilo a que estão habituados e o caos de algo tão drástico. Porque aí está: eu tentei fazer uma espécie de jogo onde de repente o Estado desaparece, toda a organização, tributação central, tudo, gone, poof! O que é que aconteceria aí? No princípio provavelmente nada: as pessoas vão fazendo a sua vida, trabalhando, etc. Mas iriam surgir problemas: diplomáticos, partilha de recursos, transportes... nenhum de nós pode ter 100% certeza se ia haver "paz" ou "guerra", claro. Foi um bocado "atirar para o ar". Mas não me admirava que surgissem ditadorzecos, e mini-guerras para anexar território de "pseudo-warlords"/justiceiros do povo que se julgam os maiores. É que outra regra do jogo era que os concelhos se tornassem independentes. Não sei se seria "melhor" se qualquer fronteira desaparecesse neste "jogo": Espanha faria de buffer a um bocado de território que é de "todos". Aí podemos jogar com isso: surgiriam facções que guerreavam? As pessoas iam cooperar na sua grande maioria? Os regionalismos iriam-se vincar ou o factor nacional jogaria mais alto? Como se organizariam as pessoas dependendo da área? :)


Vi isto e lembrei-me logo deste clip: https://www.youtube.com/watch?v=gmOvEwtDycs

Diga-se que a hipótese da extinção do Estado aplicada dentro da lógica da "teoria do jogo" seria um trabalho académico muito engraçado.

O meu palpite (não cientifico) é que numa primeira fase o país até beneficiaria da extinção do Estado central. Não é mistério que a administração central é demasiado burocrática, retira muito mais em impostos do que aquilo que devolve em serviços, e que a carga tributária tem um efeito negativo na economia.

Como Portugal é uma Nação culturalmente homogénea, duvido que fossem existir episódios de grande conflito. Se durante o PREC não houve guerra civil, então não sei como se espoleta uma em Portugal. Não é como nos EUA, onde a extinção do Estado federal levaria a uma guerra civil imediata entre sei lá quantas facções.

A longo prazo, sem algum tipo de coordenação a nível central provavelmente surgiriam problemas a nível de transportes, fornecimento de electricidade, defesa, etc. No entanto suspeito que Portugal é dos poucos países do mundo que conseguiria sobreviver bastante tempo sem Estado central.

Diga-se também que suspeito que um novo Estado central (fosse em que formato fosse) não demoraria muito tempo a surgir, precisamente por causa da nossa cultura comum.

Lusitanialand and Concelho Coimbra

The Federation of Taprobana wrote:Isso não são factos, são opiniões políticas. É curioso como chamas ignorantes aos outros, mas depois não sabes em que consiste um facto.
A Russia é mais bem gerida do que nunca? Tu consideras que sim, eu acho que não, parece-me que todos os maus hábitos de outros tempos continuam, e o Putin só se aguenta porque a alternativa ainda é pior.


Bem, esta conversa e' de loucos...
Eu JULGAVA que eram factos consensuais pelo facto de serem TAO obvios.
Agora, se nao concordas com eles, das duas uma: ou me pedes para explicar porque ou avancas tu com desmentidos.

1. A Russia e' elogiada pela Forbes e Bloomberg por ser a economia mais competitiva dos BRICS. Tem das dividas mais pequenas do mundo (muito mais pequena do que os paises Escandinavos).

Se TU achas que a Russia ja foi mais bem gerida do que e' agora, ADORAVA que me dissesses quando isso foi................................

The Federation of Taprobana wrote:E diga-se que embarcar nestes episódios bélicos com uma economia em recessão profunda é sem dúvida um marco de má gestão.


(Eu bem o digo..... depois acusam-se se insultar as pessoas quando digo que bebem tudo o que os MSM lhes poem 'a frente...
estas a ver, e' por causa destes mitos urbanos da ignorancia ocidental, que e' importante debater a fundo as coisas, porque EU SEI que ha muita gente aqui que se considera informada por media que sao na verdade parciais.)

A Russia em "recessao profunda"?....... Julgando pelo que? O que e' para ti 'recessao profunda'?
Sim, a Russia, como TODOS os paises dependentes do preco de petroleo viu a sua economia contrair. Isto e' tao verdade da Russia como e' de Angola ou do Canada. Agora chamar a isso "recessao profunda"?..........
Para mim recessao profunda e' algo como a Venezuela, como a Grecia, ou mesmo como NOS.
Na Russia nao ha fome e nem sequer se veem empresas a falir. O PPP da Russia esta' a par de paises como o Chile ou a Hungria, i.e. paises de 1o mundo que nao passaram por totalitarismos como o da URSS. E paises que sao apoiados ARTIFICIALMENTE pelo BCE. Ora, a inflacao na Russia e' real, nao e' como no ocidente aonde o BCE e a FED imprimem papel como se nao houvesse amanha.
O Kremlin nao controla o preco do petroleo nem deve ser responsabilizado pelas flutuacoes do mesmo.
LOGO nao vejo aonde esta' a ma' gestao.
E' que para alem de muito preconceito da tua parte, nao vejo o que querias que o Kremlin fizesse de diferente...

Depois, quais 'aventuras belicas'? Mais preconceito ignorante dos MSM?
Anda a Russia a invadir paises pelo mundo fora prosseguindo fins ideologicos - sabes, como NOS fazemos?
Portugal, no meio da pior recessao e quase bancarrota deste regime, acha que e' boa ideia sustentar tropas no Kosovo, F-16 na Lituania, e carradas de destacamentos noutros paises. Em nome do que? Interesses nacionais? NAOO! Nao temos interesses nenhuns nos Balcas, Baltico, etc.

Faz a Russia o mesmo que nos? Nope.
A Russia DEFENDE a sua base na Crimeia, DEFENDE a base que ja tinha na Siria, e DEFENDE a solucao politica que ja existia na Georgia.
Pergunta MUITO mais relevante: Porque andamos NOS no ocidente, a patrocinar revoltas e insurgencias contra a Russia quando ja' estamos endividados ate ao tutano e em zonas aonde temos poucos ou nenhuns interesses?!...

Finalmente, a Russia tem reservas de centenas de milhares de milhoes em moeda forte que pode gastar em projectos deste tipo mas nem sequer isso foi gasto nas intervencoes porque todas foram super baratas... Eles nao se metem em pantanos, como nos.

The Federation of Taprobana wrote:Eu nunca defendi o desmantelamento da UE, apenas que todos têm de cumprir as mesmas regras para estar dentro dela (regras da UE, que já agora são um facto) e quem não cumprir deve saltar forma. Quem inventou essa do desmantelamento foste tu, pois existem mais países cumpridores das regras do que aqueles que não cumprem.


LOLOLOLOLOLOLOLOL

Meu caro, que tu nao o defendeste sei eu. Porque TU contradizes-te a toda a hora.
Agora, por mais que te custe, ao quereres febrilmente atacar a Hungria com o 'regras sao regras', lixaste o teu proprio argumento, porque foste obrigado a reconhecer que metade da UE viola regras.
O desmantelamento da UE seria a consequencia inerente da aplicacao das regras como tu queres porque metade dos paises seriam expulsos.

Ja o disse, ja o repeti e reitero novamente: quanto mais fizeres depender as tuas opinioes politicas do Telejornal, mais te lixas em conversas com pessoas que sabem do que falam.
Queres teimar em ler propaganda esquerdista? your funeral.

The Federation of Taprobana wrote:E não, não é um facto que a Hungria beneficiou das políticas do seu Governo. Tu tens a opinião que sim, e pensas que por teres uma opinião isso faz dela um facto.


Nao, o meu erro e' pensar que as pessoas que debatem comigo estao informadas ou sabem raciocinar.
Ora vamos la ver entao:
- Esta' a Hungria tao sobrecarregada de despesas com ilegais, como estaria se nao tivesse "fechado as fronteiras"? Nao.
- Sofreu a Hungria as violacoes em massa que ocorreram noutros paises da moda #refugeeswelcome ? Nao.
- Sofreu a Hungria ataques terroristas em resutado de niveis estapafurdios de imigracao em massa e multikulti? Nao.

Isto sao FACTOS. Esta e Hungria melhor devido a essas politicas? Sim. FACTO

The Federation of Taprobana wrote:E já agora, isto não é propaganda?: https://www.rt.com/news/360532-syria-us-air-strike-un/
Enfim...


LOL que fraquinho....
E' isto que tu chamas propaganda?

E isto, tambem e'?
https://medium.com/insurge-intelligence/turkeys-secret-pact-with-islamic-state-exposed-by-operative-behind-wave-of-isis-attacks-6b35d1d29e18#.nmz16tha7

E isto?
http://www.huffingtonpost.com/david-l-phillips/research-paper-turkey-isi_b_8808024.html

Que fique bem claro, a noticia transmite uma declaracao de um diplomata relevante, nao a divulga como facto.
E uma vez que os EUA ajudaram o EI (propositadamente ou nao) em operacoes militares no leste da Siria, a interpretacao pode ser feita.
Tal como quando NOS dizemos que a Russia e' culpada de ajudar a ditadura de Assad porque o ajuda militarmente. Ora os Russos estao-se pouco lixando para o regime Sirio, querem e' saber dos seus interesses.

FRAQUINHO, muito fraquinho.
Qualquer pais da NATO faz o mesmo tipo de coisa que faz a RT, se e' este o teu criterio.

Forum View

by Max Barry

Latest Forum Topics