Portugal RMB

WA Delegate: The Federation of Aldonin (elected )

Founder: Platinum bees

BoardActivity History Admin

World Factbook Entry

Bem-vindo à Região Portugal!

Todos os portugueses, falantes da língua portuguesa e amigos são bem-vindos. Respeitem a comunidade, sem ofensas.

Visitem o nosso Linkfórum de role-play

Lê as regras, cria a tua nação e vem jogar connosco!

Mesmo que não estejas interessado em jogar, participa nas dicussões sobre política, actualidade e tudo em geral no LinkBar do Fórum

Para ajudar a manter a região segura contra invasões, dá o teu endorsment ao delegado.

Nação da Região: Comunidade Portugal. Participa nas votações e decide o futuro da nação virtual!

Obrigado e bom jogo!


No results.

Embassies: Free State of Wisconsin, Brasil, United North Atlantic, United Global Powers, Alliance Of Neutral Nations, Republic of Hellas, Alakor, The Spanish Republic, the Commonwealth of Southern Rhodesia, Glorious Nations of Iwaku, The SOP, and Goal.

Tags: Large, Featured, and Founderless.

Regional Power: High

Portugal contains 92 nations, the 119th most in the world.

Today's World Census Report

The Most Pacifist in Portugal

Nations ranked highly pursue diplomatic solutions rather than military ones in the international arena, have small or nonexistent militaries, and peace-loving citizens.

As a region, Portugal is ranked 10,647th in the world for Most Pacifist.

#NationWA CategoryMotto
1.The Enlightened Republic of Bad OmenWA MemberLeft-wing Utopia“Hail the Jewel of the Lotus”
2.The Republic of The Portuguese WorkersWA MemberScandinavian Liberal Paradise“Morte ao capitalismo! Viva o SOCIALISMO!”
3.The Ching-Chong-Nip-Nong-Nong of Tiago SilvaWA MemberLeft-wing Utopia“Ambroscus Koth Delenda Est”
4.The Constitutional Monarchy of PortucalaeLiberal Democratic Socialists“Um Rei, Um Povo, Uma Nação!”
5.The Republic of GalizaNew York Times Democracy“Fogar de Breogán”
6.The Republic of LusogaeliciaWA MemberLeft-wing Utopia“Igualdade, Liberdade, Prosperidade”
7.The People's Republic of Communist GalineaWA MemberDemocratic Socialists“Pela sustentabilidade, o trabalho e a agricultura!”
8.The Federal Republic of Unita CalumniaWA MemberNew York Times Democracy“Compassion is not weakness”
9.The Democratic Republic of PatraolandiaWA MemberDemocratic Socialists“Never More.”
10.The Federation of AldoninWA MemberLeft-wing Utopia“United we stand”
Page:  «  1  2  3  4  . . . 9  10  »

Last poll: “Lack Of Doctors Needs Cure”

Regional Happenings

More...

Portugal Regional Message Board

The Republic of The Portuguese Workers wrote:Confesso que fui exagerado na caracterização que utilizei mas tal é derivado da revolta, da revolta de ver toda a sociedade nas mãos de uma elite que se considera superior só por ter mais dinheiro. Mas fascismo no seu sentido clássico é uma ditadura de direita caracterizada pela crença na superioridade de um grupo (raça, nação, etc) em relação aos outros, logo imimigo da igualdade, e que recorre à repressão, policia politica, tortura, censura etc para reprimir quem pensa de modo diferente. Felizmente não temos fascistas assumidos no parlamento, mas mesmo assim o fascismo sobrevive, mais recentemente através do que eu chamo "ditadura de mercado". Além disso eu venho de uma familia de direita e posso assegurar, pois o sei por experiência própria, que há muita gente de extrema-direita a votar no CDS, PSD e mesmo PS.


Essa tua desculpa do "estou revoltado, digo e exagero o que me apetece" já começa a cansar um bocado.

E não há "fascismo no seu sentido clássico", fascismo é fascismo, ponto. A "ditadura de mercado", ou seja, o sistema financeiro mundial, é completamente antagónico ao fascismo, até porque defende mercados livres em vez de proteccionismo e globalização em vez de nacionalismo.

Isto de se atirar rótulos para o ar é muito giro, mas isto não é um comício do PCP.

New Lusitanea

The Republic of The Portuguese Workers wrote:Não é só porque tenho uma visão diferente da vossa que estou a ficar louco, isso não é democrático


Nao é por isso. É por nao argumentares de forma racional e fundamentada.

New Lusitanea

The United Kingdom of Alentejo e Algarve wrote:Compreendo o teu ponto de vista. Mas nao compares ideologia pessoal com ideologia política.


Não podes desassociar uma da outra, até porque em muitos casos há quem construa a sua ideologia política com base na sua ideologia pessoal. No teu caso, ao definires o que é para ti um perfil de candidato ideal, acabaste de definir a tua ideologia política, provavelmente com base naquilo que tu pessoalmente achas que constitui um bom líder.

The Federal Republic of Unita Calumnia wrote: O problema do Comunismo é que nenhum homem é igual ao outro, um medico nunca deveria de receber tanto dinheiro(neste caso nenhum) como um trolha que não faz nada, o medico obviamente esforçou-se mais para ter o seu cargo e merece um melhor pagamento por isso, não é justo ter uma sociedade completamente plana, mas tambem não é justo ter um cabrao de primeiro ministro a meter dinheiro aos bolsos.
O Lenine acreditava que o comunismo só podia ser atingido se houvesse um lider forte SEM OPOSIÇÃO, o que é extramamente contraditorio, o comunismo é baseado na igualdade e no entanto ignora completamente a democracia.


And yet... os Cristianos Ronaldos (futebolistas) ganham bem mais q quem se esforçou para estudar e tem responsabilidades elevadas (nomeadamente os ditos médicos que têm vidas nas mãos).

The Municipal Confederacy of Free Portugal wrote:Não podes desassociar uma da outra, até porque em muitos casos há quem construa a sua ideologia política com base na sua ideologia pessoal. No teu caso, ao definires o que é para ti um perfil de candidato ideal, acabaste de definir a tua ideologia política, provavelmente com base naquilo que tu pessoalmente achas que constitui um bom líder.


Nao. Apenas refiro que a minha ideologia pessoal me afasta de uma ideologia politica por saber nao ser possívelpossível conjugar uma e as outras. O politico que descrevo nao existe

"Possivelpossivel" é um erro, obviamente. Raio de telemoveis inteligentes

New Lusitanea

The United Kingdom of Alentejo e Algarve wrote:Ah... E onde ficam o POUS, o PCTP/MRPP e outros que tais? No fascismo?

Eu so falei de entre os que estão no parlamento. Alias o MRPP é excelente.

The Municipal Confederacy of Free Portugal wrote:Essa tua desculpa do "estou revoltado, digo e exagero o que me apetece" já começa a cansar um bocado.

E não há "fascismo no seu sentido clássico", fascismo é fascismo, ponto. A "ditadura de mercado", ou seja, o sistema financeiro mundial, é completamente antagónico ao fascismo, até porque defende mercados livres em vez de proteccionismo e globalização em vez de nacionalismo.

Isto de se atirar rótulos para o ar é muito giro, mas isto não é um comício do PCP.

Pá sou sensivel, que mal é que isso tem!? Além disso os "mercados" não são assim tão liberais: veja-se o que impuseram à Grécia (embora também culpe a fraqueza de Tsipras)

The Republic of The Portuguese Workers wrote:Pá sou sensivel, que mal é que isso tem!? Além disso os "mercados" não são assim tão liberais: veja-se o que impuseram à Grécia (embora também culpe a fraqueza de Tsipras)


Tem o mal que o facto de seres "sensível" ou "revoltado" não é o equivalente a achares que tens direito a um botão de reset aos disparates.

E os mercados não impuseram nada à Grécia, mostras novamente não compreender o que está em questão.

Os mercados simplesmente disseram que não emprestavam mais dinheiro ao Estado grego, o que é normal. A maioria das entidades que compra divida pública são fundos de pensões de trabalhadores, que querem investimentos estáveis para não deixarem os seus associados defraudados caso os investimentos corram mal. Assim que o rating grego caiu, eles partiram para títulos mais seguros, mesmo que com uma lucratividade menor. Eu também não emprestaria dinheiro a alguém em quem não tivesse confiança que me fosse pagar de volta, mesmo que o juro fosse muito alto.

Como o Estado grego é incapaz de se financiar sem os mercados, pediu então assistência pública ao FMI (entidade pública de cariz internacional), e à União Europeia (entidade intergovernamental). Recentemente, em troca de continuarem a ser financiados com dinheiro público, os restantes governos europeus (o FMI já não vai fazer parte do novo resgate) exigiriam um conjunto de medidas para que Atenas consiga colocar as contas em ordem de forma a nos pagar o dinheiro que nós, contribuintes, lhes emprestámos.

Os "mercados" já não estão envolvidos na situação grega desde 2011.

New Lusitanea

The Municipal Confederacy of Free Portugal wrote:Tem o mal que o facto de seres "sensível" ou "revoltado" não é o equivalente a achares que tens direito a um botão de reset aos disparates.

E os mercados não impuseram nada à Grécia, mostras novamente não compreender o que está em questão.

Os mercados simplesmente disseram que não emprestavam mais dinheiro ao Estado grego, o que é normal. A maioria das entidades que compra divida pública são fundos de pensões de trabalhadores, que querem investimentos estáveis para não deixarem os seus associados defraudados caso os investimentos corram mal. Assim que o rating grego caiu, eles partiram para títulos mais seguros, mesmo que com uma lucratividade menor. Eu também não emprestaria dinheiro a alguém em quem não tivesse confiança que me fosse pagar de volta, mesmo que o juro fosse muito alto.

Como o Estado grego é incapaz de se financiar sem os mercados, pediu então assistência pública ao FMI (entidade pública de cariz internacional), e à União Europeia (entidade intergovernamental). Recentemente, em troca de continuarem a ser financiados com dinheiro público, os restantes governos europeus (o FMI já não vai fazer parte do novo resgate) exigiriam um conjunto de medidas para que Atenas consiga colocar as contas em ordem de forma a nos pagar o dinheiro que nós, contribuintes, lhes emprestámos.

Os "mercados" já não estão envolvidos na situação grega desde 2011.

E está tudo dito.

The United Kingdom of Alentejo e Algarve wrote:And yet... os Cristianos Ronaldos (futebolistas) ganham bem mais q quem se esforçou para estudar e tem responsabilidades elevadas (nomeadamente os ditos médicos que têm vidas nas mãos).

O dinheiro que os futebolistas ganham provem de um mercado ENORME que é o futebol, se os jogos lucram imenso os jogadores são pagos imenso e adivinha quem faz todo esse dinheiro girar no mercado futebolístico: Nós. É por isso que não fico indignado com quanto eles ganham porque a maioria do dinheiro que tem nos bolsos vem direta ou indiretamente da nossa admiração pelo futebol.

Forum View

by Max Barry

Latest Forum Topics